Aulas de Pilates em grupo

Não é mais novidade que a atividade que mais individualizamos as sessões, mesmo sendo em grupos pequenos, é o Pilates. Mas continuamos a nos questionar, o que é melhor pra mim, trabalho em grupo ou individualizado?

Uma decisão que por vezes perturba quem vai iniciar a prática de Pilates, a questão é simples: custo ou preferência. Nas aulas em turma, o custo pode ser reduzido, mas dependo de sua preferência, há pessoas que se sentem mais à vontade em um grupo e outras com atenção individual.

Em um grupo pequeno (de acordo com o número de equipamentos IGUAIS que encontramos no estúdio), como indicam a maioria dos profissionais, a atenção individual é essencial, pois cada cliente tem seus objetivos e necessidades. Nessas aulas geralmente procuramos deixar as turmas o mais homogenias possíveis. Na impossibilidade, o mais indicado é nivelarmos os alunos “por baixo”, ou seja, manter o trabalho em grupo de acordo com o nível de aptidão física menor que tivermos em sala.

O que deve ser observado é que as orientações precisam partir de um profissional qualificado, que saberá lhe conduzir desde a anamnese até a aula propriamente dita, especialmente quando envolvemos os equipamentos.

Para ser um instrutor de Pilates são necessários meses de treinamento, mas ainda existem escolas que entregam licenças após um rápido final de semana de curso, por exemplo. Além das formações, muitos estúdios estão no mundo e é importante destacar, que toda prática de Pilates deve ser orientada por um profissional especializado pelo método Pilates com equipamentos e acessórios próprios do método, garantindo assim sua segurança com cada material. Então, pesquise, compare, escolha sempre o melhor para e por você, boas aulas!!!

Pratique inteligência corporal! 😉

Venha para o Espaço Único! Agende a sua aula agora, clique aqui!

 

Deixar um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.